domingo, 25 de outubro de 2009

Eles são Elas

"Em 1847, três romances comovem os leitores ingleses.
O morro dos ventos uivantes, de Ellis Bell, conta uma devastadora história de paixão e vingança. Agnes Grey, de Acton Bells, despe a hipocrisia da instituição familiar. Jane Eyre, de Currer Bell, exalta a coragem de uma mulher independente.
Ninguém sabe que os autores são autoras. Os irmãos Bell são as irmãs Brontë.
Essas frágeis virgens, Emily, Anne, Charlotte, aliviam a solidão escrevendo poemas e romances num povoado perdido nos páramos de Yorshire. Intrusas no masculino reino da literatura, puseram máscaras de homens para que os críticos perdoem seu atrevimento, mas os críticos maltratam suas obras rudes, cruas, grosseiras, selvagens, brutais, libertinas... (...)


Espelhos, Eduardo Galeano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

i Sem PingOS