domingo, 25 de outubro de 2009

Me divertindo com os sonhos que ando tendo - gerúndios mil.
Me divertindo com a obviedade das pessoas e suas histórias, e também feliz, feliz com as chances que estou buscando construir, e com esse período antes do aniversário em que fico repensando mil coisas, seja as que alcancei, seja as que ainda desejo, ou as falhas das que não obtive. Sou teimosa. Point. Demais. É difícil aceitar que não consigo algo, que não entendo de alguma coisa, porque um dos motivos de ir na terapia particionar o HD é poder ficar com espaço pra entender de mais coisas, é filtrar e reorganizar e assim prosseguir desenvolvendo, e poder adquirir mais ideias sobre as coisas mais diversas. Porque sou curiosa. Point. Demais.
Dessa mania chata de observar e interpretar tudo do que me aproximo, mania de tentar ler a tudo e todos, pra entender. Mania de entender. Demais. Point. Que é um dos motivos da mania de ficar indisponível. Point. Porque preciso selecionar com o que e como me envolver, pra que não seja raso e nem superficial qualquer envolvimento meu com o que escolhi. Mania de não levar mais em consideração essa coisa de ser chamada de nerd, porque talvez não esteja tão distante disso, e se não estiver: qual o problema em pensar um pouco demais? Point. Não me importo, mesmo. Porque se me importar é mais uma coisa que tenho pra pensar, e porque se pensar isso estarei deixando de poder pensar coisas mais interessante. Point. Mania de pesar tudo, visando o máximo possível de benefício, pouco ou estudado risco, e prejuízo só se for pra ganhar mais no final. E não ando nada, nada impulsiva, por quê? Sei lá, é algo se pensar - N.M [nota mental].



E ainda assim, me divirto, foi uma noite bem legal, merci, às vezes demoro a atender, mas eu estou aqui, foi bom amanhecer, rindo, ou simplesmente concentrada fazendo carinho no cachorro, ouvindo tuas histórias, dizendo muito com minha quietude não habitual... que não era de irritação, mas de realmente estar tão dentro do que o outro diz e pensa, que é como nem ser. E saber que meu cansaço só aumentou, mas que foi um prejuízo altamente válido, e saber que tem mais alguém também cansado, provavelmente repondo o sono neste momento. E pensando que hoje nem estou tão querendo saber de ninguém, que o domingo é meu, pra jogar uma manta no quintal e dormir lendo, com o gato insolente, e quem sabe depois arrumar o quarto, gelar umas cevas e desenhar até anoitecer. Porque amanhã tenho que estudar, e colocar meu lado nerd pra produzir três análises distintas e atrasadas, justamente pra ficar sempre um passo a frente e não me incomodar mais. Mania de não gostar de estar atrasada com nada. Mas hoje, nem nerd, e nem eletricidade, apenas domingo.
E é bom, hoje estou sem manias, apenas essa mania de não estar quando estou. =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

i Sem PingOS