terça-feira, 6 de abril de 2010

palavras/la mot
 e se são fora de lugar e se por acaso são sem hora, tralhas de um momento, pérolas de um deserto inaudível, são palavras, estão todas onde deveriam estar quando estão, pois veste o momento sua total rede de imprecisão aleatória, e cada passe é mágica, e cada mágica é única, e único é vontade de dizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

i Sem PingOS