terça-feira, 24 de agosto de 2010

Mal do pinico

Começou a reclamar, contra a lógica e todos apontamentos sociais, começou a reclamar, já nada mais lhe bastava, e assim sem perceber o ouvido do outro empesteava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

i Sem PingOS