quinta-feira, 9 de setembro de 2010



Absurdo é


Que muita coisa no mundo seja absurdo. Começando pela própria palavra, presente da amada pátria matriarcal, herança bem sabida: latina. Hummm... pra muita gente que acha que latina é apenas a américa, uma das, em voga, nouvelles de questões ditas 'sociais', pois bem. Me parece por demais irônica a palavra que junta surdez com abster-se, isso é um absurdo, basicamente. Mas ok, também não tô acordada até agora para parafrasear bobagens pseudo-intelectuais, outra coisa que acho absurda: quem sabe não palestra ou argumenta, sorri. Quintana, sabes? Sorri, pois é tão imenso o pleonasmo mental de praticamente tudo, que um sorriso bem colocado equivale a um discurso épico.
Talvez seja isso: absurdo é aquele que não sorri perante o absurdo alheio, ou o próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

i Sem PingOS