quinta-feira, 4 de agosto de 2011

acreditava em quase tudo o que via
e até no que não via mas sabia
havia porém essa pequena reticência com as coisas
como se acreditar realmente não fosse mudar o que de fato havia

Nenhum comentário:

Postar um comentário