sábado, 20 de agosto de 2011

E era só o tempo

como aquela folha sendo arrastada muito depois de ter deixado a sua árvore, vivendo um outro depois aparentemente sem propósito

Nenhum comentário:

Postar um comentário