sábado, 22 de outubro de 2011




Tudo é pleno
até a irrisória serenidade
em dias de amena
minha alma lambe e queima

Nenhum comentário:

Postar um comentário