sábado, 5 de novembro de 2011

O peso do desalívio

Um dia depois de tanto cavar, acabou colecionando pedras.
Outro dia, cansado de só guardar pedras que ninguém mais veria, decidiu-se: calçou os tênis e pôs a roupa mais confortável, assim saiu de casa, sua coleção dentro da mochila. Não importava mais onde fosse: iria jogar pedra no telhado dos outros.