domingo, 19 de maio de 2013

regalo



 " Engraçado como não tenho pena de ti, e tem dias, como o de hoje em que desejo que te sofras demasiado. Então me lembro que por hora sou tua maior dor, e me prontifico de bom grado a manter vivo teu sofrimento enquanto tu destinares ao desamor teu maior regalo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário